Skip to content

DASN-SIMEI: saiba até quando pode ser enviada

DASN-SIMEI
A data de entrega da DASN-SIMEI é sempre até o dia 31 de maio do próximo exercício. Salvo em raras exceções, como ocorrida no período da pandemia da covid-19.

A data de entrega da DASN-SIMEI é sempre até o dia 31 de maio do próximo exercício. Salvo em raras exceções, como ocorrida no período da pandemia da covid-19.

Diante disso, é muito importante que o Microempreendedor Individual fique de olho no cronograma de entrega das suas obrigações, a cada ano.

Além disso, em casos de encerramento das atividades, os prazos também variam. Saiba todos os prazos da DASN-SIMEI no decorrer deste post. Acompanhe.

Prazos para envio da DASN-SIMEI

Há prazos diferentes para o envio da DASN-SIMEI, dependendo da condição da situação cadastral do CNPJ do Microempreendedor Individual.

Em geral, os prazos são:

  • Até o dia 31 de maio do próximo exercício para MEIs com CNPJ ativos;
  • Até o dia 30 de junho do ano corrente, para MEIs que encerraram suas atividades entre os meses de janeiro a abril do mesmo ano;
  • Até o último dia útil do mês subsequente à data da extinção para MEIs com encerramento das atividades entre os meses de maio até dezembro do mesmo ano.

Exemplo: Para MEI com CNPJ extinto em Setembro de 2022, o envio da DASN-SIMEI deverá ser feito até o dia 31 de outubro de 2022.  

Como dito anteriormente, tais prazos devem ser conferidos pelo MEI com antecedência, pois o governo pode alterar prazos e normas conforme o interesse público.

Relatório mensal das receitas brutas

Para o envio da DASN-SIMEI, o MEI precisa preencher o relatório mensal das suas receitas brutas.

Neste documento, deve conter os dados referentes ao faturamento do mês, o qual deverá ser preenchido até o dia 20 do mês seguinte.

Exemplo: as receitas do mês de setembro/2022 devem ser informadas no relatório até o dia 20 de outubro/2022.

E para preencher o formulário, disponível para download gratuito no portal do empreendedor, devem ser informadas apenas as receitas.

Neste caso, são consideradas receitas as vendas com emissão de nota fiscal e também as vendas sem emissão de documento fiscal.

Preenchido o relatório mensal das receitas brutas, o MEI precisa manter este documento sob sua posse por um prazo de cinco anos, juntamente com os documentos fiscais emitidos.

Controle das receitas, compras e despesas

Tendo em vista o limite de faturamento do MEI, manter o controle das receitas é tão importante quanto controlar as compras e despesas do mês.

Atualmente, o limite permitido de faturamento para MEI é de R$ 81.000,00 ao ano. Ou o limite proporcional, dependendo da data de abertura da empresa.

Com base nisso, o MEI poderá utilizar a margem de 80% das suas receitas em gastos com compras e despesas.

Nessa margem também estão inclusos os custos, gastos, encargos e despesas com funcionário, caso o MEI tenha folha de pagamento.

Fazer o controle das receitas, compras e despesas é de suma importância para evitar o desenquadramento do regime SIMEI, e de ficar impedido de migrar para outra modalidade do Simples Nacional.

Conclusão

Finalmente, além de ficar de olho nos prazos de entrega da DASN-SIMEI, o Microempreendedor Individual também precisa equilibrar suas contas.

Assim, evitando perdas financeiras em decorrência de irregularidades no cumprimento da lei do SIMEI.

Tenha acesso a mais conteúdos para MEI, continue navegando pelo nosso blog e fique por dentro das normas e regras da sua categoria.

Um abraço e até a próxima. 

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
O planejamento tributário é a forma mais segura de cumprir…
Quer trocar de contador?