Tributação de Salão de Beleza: Transforme Desacordo em Parceria!

tributação de salão de beleza

Como a tributação de salão de beleza pode passar de vilã para uma grande aliada na sua meta de manter e crescer o seu negócio?

A tributação de salão de beleza pode ser a grande inimiga de muitos empreendedores, mas, depois do artigo de hoje, ela não precisa ser mais a sua!

Nem tudo é o que parece quando se é empreendedor, e esse chiclé está longe de ser só superficial.

Infelizmente, além da imprevisibilidade do mercado e da demanda — ainda mais quando falamos em beleza, que as preferências mudam a cada nova tendência que surge e “a moda pega” —, existem as questões empresariais.

Por si só, elas já representam o pesadelo de qualquer empresário, ainda mais quando se está em pleno crescimento no mercado.

Contudo, não queremos que a tributação de salão de beleza seja um obstáculo para o seu crescimento e, sim, queremos informar que ela pode ser a sua mais nova aliada na busca pelos seus objetivos!

Se isso parece uma loucura para você ou se isso te intrigou, continue conosco até o final deste artigo e descubra como isso é, de fato, possível!

Boa leitura!

O que é a tributação de salão de beleza?

A tributação de salão de beleza nada mais é do que o conjunto de leis de caráter tributário — ou seja, que têm como objetivo definir os impostos que irão incidir sobre as pessoas físicas e jurídicas — que dizem respeito ao seu empreendimento.

Dessa forma, é necessário possuir um especialista para lidar com a sua demanda em relação ao Fisco, pois estamos falando de um dos sistemas tributários mais complexos do mundo e, por isso, é mais fácil estar em irregularidade do que em dia com os seus impostos devidos.

Contudo, até agora só falamos sobre o lado negativo da tributação de salão de beleza, então, cadê a positiva?

Bom, ela está justamente em uma dessas leis que citamos… 

Como usar a tributação de salão de beleza em prol do seu crescimento?

Dentro da tributação de salão de beleza, existe uma lei especial chamada salão-parceiro, e é aqui que está a chave para reduzir os seus impostos!

Com a lei salão-parceiro, a tributação ao invés de incidir no valor total do seu recebimento, incidirá apenas na parte que foi faturada, ou seja, o repasse que será feito ao profissional não será contabilizado no momento de cálculo do imposto.

Dessa forma, seu imposto diminui e incide somente sobre os valores que realmente foram para o seu bolso!

Quem diria que imposto seria bom alguma vez? 

Mas antes de aproveitar essa oportunidade única…

Antes de aproveitar essa oportunidade, é necessário ter em mente que nem todos possuem o direito de usufruir da lei do salão-parceiro.

Portanto, além de um profissional contábil que garanta que seu negócio esteja em dia com o Fisco, é necessário um especialista no seu empreendimento para entender completamente a viabilidade dessa oportunidade no seu caso.

E nós, da Ardon, não apenas conhecemos o dia a dia de um salão de beleza como, também, somos especialistas na lei do salão-parceiro e podemos te ajudar a virar o jogo em relação aos tributos!

Basta entrar em contato com a gente e fazer dessa oportunidade a sua realidade!

Classifiquei nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

declarar imposto de renda MEI atrasado

Como declarar imposto de renda MEI atrasado?

Para declarar imposto de renda MEI atrasado o contribuinte segue os mesmos procedimentos que pessoa física. Ou seja, para a regularização do imposto de renda atrasado é necessário baixar o programa gerador da declaração do IRPF referente ao ano pendente.

restituição IPVA

Restituição IPVA: saiba o que fazer

O contribuinte terá direito à restituição dos valores pagos em IPVA, quando o veículo for furtado ou roubado, ou pagos indevidamente, ou pagos em duplicidade. Mas é preciso observar a lei vigente para cada estado, visto que o IPVA –

Restituição IPVA PCD

Restituição IPVA PCD: Fique Por Dentro

A restituição IPVA PCD é uma possibilidade que surgiu aos donos de veículos PCD após a suspensão do pagamento do imposto. Em tese, aqueles que já efetuaram o pagamento do IPVA PCD em 2021, poderão ter direito à restituição referente

restituir imposto de renda

Saiba o que pode ser usado para restituir imposto de renda

A lei brasileira determina o que pode ser usado para restituir imposto de renda, sendo as despesas médicas e com educação, apenas alguns exemplos. Contudo, especialistas em tributos afirmam que muitos brasileiros não se apropriam desses dispositivos legais para aumentar

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Sua empresa pode estar gritando por socorro! Escute com clareza…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top