Skip to content

O que é ST?

ST
A ST (Substituição Tributária) é tida como sendo um tipo de aparelhagem para arrecadação de tributos em todas as esferas de governo.

A ST (Substituição Tributária) é tida como sendo um tipo de aparelhagem para arrecadação de tributos em todas as esferas de governo.

Nesse sentido, a substituição tributária é um meio de evitar a bi-tributação de impostos, por exemplo.

Apesar disso, ainda existe muita confusão a esse respeito, especialmente na cobrança do ICMS, visto ser comum ocorrer erros na escrituração fiscal.

Veja mais sobre a ST ao longo do post, e entenda melhor os pontos mais importantes sobre ela. Confira.

ST do ICMS

A ST do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação) é o mecanismo legal para fiscalizar mais de perto o recolhimento do imposto.

Isso quando o governo reconheceu ser bastante complicado e limitante fazer a devida fiscalização em todo o setor de varejo, pois são inúmeros em todo o território nacional.

Com base nisso, ficou definido que o ICMS deve ser arrecadado a partir da origem, ou seja, na fase de produção dos materiais do varejo. 

Dessa maneira, por ser menor a quantidade de indústrias existentes no país, fazer a fiscalização tributária a partir delas é mais simples, uma vez que viabiliza:

  • Antecipação tributária, por recolher o ICMS desde a origem de todo mercado;
  • Fiscalização tributária mais rápida, simples e eficaz;
  • Maior fluxo de caixa para o governo, devido ao modo como o imposto é recolhido.

Mas apesar dos esforços em evitar erros no recolhimento do ICMS, isso ainda é um fator de preocupação para os contribuintes.

Produtos com ST-ICMS

A ST-ICMS se aplica aos produtos enquadrados na Nomenclatura Comum do Mercosul – NCM, que por sua vez, é baseada no Sistema Harmonizado (NCM/SH).

Sendo o CONFAZ – Conselho Nacional de Política Fazendária, a autarquia responsável por regular as normas da NCM.

Para isso, foi instituído o Código Especificador da Substituição Tributária – CEST, para identificar quais mercadorias estão sujeitas ao regime da ST-ICMS.

Atualmente, a lista do CONFAZ abrange segmentos, como:

  1. Autopeças;
  2. Bebidas alcoólicas, exceto cerveja e chope;
  3. Refrigerantes, águas e outras bebidas;
  4. Cigarros e produtos derivados do fumo;
  5. Cimentos;
  6. Combustíveis e lubrificantes;
  7. Energia elétrica;
  8. Ferramentas;
  9. Lâmpadas, reatores e starter;
  10. Materiais de construção e congêneres;
  11. Materiais elétricos;
  12. Medicamentos para uso humano e outros produtos farmacêuticos para uso humano e uso veterinário;
  13. Papéis, plásticos, produtos cerâmicos e vidros;
  14. Pneumáticos, câmaras de ar e protetores de borracha;
  15. Produtos alimentícios;
  16. Produtos de papelaria;
  17. Produtos de perfumaria e de higiene pessoal e cosméticos;
  18. Produtos eletrônicos, eletroeletrônicos e eletrodomésticos;
  19. Rações para animais domésticos;
  20. Sorvetes e preparados para fabricação de sorvetes em máquinas;
  21. Tintas e vernizes;
  22. Veículos automotores;
  23. Veículos de duas e três rodas motorizados;
  24. Venda de mercadorias pelo sistema porta a porta.

A última atualização da lista foi feita em meados de 2020, mas ela pode ser modificada a qualquer momento, ou seja, produtos podem ser adicionados ou excluídos.

Conclusão

Por fim, a ST é um assunto complexo que exige expertise na área tributária para a sua correta aplicação.

Por isso, segmentos que estão inclusos na lista do CONFAZ precisam contar com o suporte do profissional de contabilidade especializado no assunto.

Assim, por mais que essa assessoria seja contratada tardiamente, ainda pode ser possível recuperar possíveis prejuízos por falhas na arrecadação da ST-ICMS.

Portanto, clique aqui agora mesmo e fale já com um contador. A Ardon Contabilidade Consultiva pode te ajudar na melhor gestão do seu negócio.

Vem com a gente!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
O prazo para pagar o IRPJ CSLL pelo Lucro Presumido…
Quer trocar de contador?