Skip to content

Conta física e conta jurídica: saiba separar e evite problemas!

Conta física e conta jurídica: saiba separar e evite problemas!
Qualquer contabilidade escolhida para administrar as finanças empresariais, sempre apontam a necessidade de separar a conta física e a conta jurídica.

Qualquer contabilidade escolhida para administrar as finanças empresariais, sempre apontam a necessidade de separar a conta física e a conta jurídica. Pode até parecer uma bobagem, mas essa mistura pode oferecer grandes problemas para a saúde financeira da sua empresa e até mesmo a sua. 

Por isso, se você deseja saber mais sobre o assunto e o porquê de criar uma conta sua separada da conta da empresa, continue a leitura. Afinal, a Ardon Contabilidade separou um tema completo para você que precisa de ajuda.

Conte com a melhor contabilidade consultiva em SP!

Entenda a diferença entre a conta física e a conta jurídica

O que é uma conta física? 

Para entender como separar a conta física e a conta jurídica antes é necessário entender o que é cada uma delas. Quando falamos de uma pessoa física estamos falando de um cidadão que tem CPF como sua identificação. 

Quem tem CPF e abre uma conta em qualquer banco ou instituição financeira, abre uma conta física ou conta PF. Essas contas são as mais comuns, oferecem crédito, cartão de débito, cheques e outros serviços. 

Portanto, podemos dizer que a conta física nada mais é do que um registro bancário de um cidadão em um banco ou instituição financeira. A partir dela ele movimenta as suas finanças conforme as suas necessidades de Pessoa Física. 

O que é a conta jurídica?

Por outro lado, a conta jurídica é o registro de uma organização ou empresa em um banco. Essa conta serve para necessidades específicas da empresa como pagamentos, vendas, comércio ou até mesmo prestação de serviços. 

No entanto, para abrir esse tipo de conta é necessário que a empresa já tenha um CNPJ que é o Cadastro de Pessoa Jurídica. Uma observação é que a pessoa jurídica pode ser formada por uma ou mais pessoas físicas.

Com o CNPJ a empresa abre contas e solicita créditos em bancos ou instituições financeiras, assim como as contas de PF. No entanto, é necessário ter cautela na administração de valores empresariais para não impactar o orçamento da empresa. 

Não misture a conta física e a conta jurídica para evitar problemas 

Um passo importante para manter a saúde financeira de uma empresa e realizar a administração de finanças separadamente da sua. Afinal, a falta desse controle pode consumir todo o seu orçamento pessoal. 

Por outro lado, empreendedores que utilizam a conta da empresa para seus gastos pessoais podem gerar grandes prejuízos para o funcionamento da empresa de forma segura em relação às suas finanças. 

Por isso, para a plena saúde financeira, consideramos um passo primordial contratar uma contabilidade consultiva em SC e separar as finanças da pessoa física da pessoa jurídica mesmo que você represente o CPF e CNPJ. 

A Receita Federal também pode considerar esse um sério erro para o Imposto de Renda, e cá para nós, ninguém quer empecilhos com a Receita Federal, não é mesmo? 

Conclusão 

Ao decorrer do conteúdo explicamos a importância de separar as finanças PF da conta PJ. Afinal, a mistura dessas despesas podem comprometer ambas as contas e interferir nas suas obrigações contábeis

Se você precisa de uma contabilidade consultiva em SP para te ajudar a separar a conta física e a conta jurídica, fale agora mesmo com a Ardon Contabilidade! 

Estamos esperando por você! 

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
A restituição do Imposto de Renda é o famoso reembolso…
Quer trocar de contador?