Skip to content

BPO financeiro: o que é e para que serve?

BPO financeiro
Investindo no BPO financeiro, a empresa terá acesso a relatórios financeiros precisos para nortear a tomada de decisão em diversos aspectos.

O BPO financeiro é uma ferramenta de gestão que visa favorecer o aumento da lucratividade nas empresas.

Tendo em vista que, investindo no BPO financeiro, a empresa terá acesso a relatórios financeiros precisos para nortear a tomada de decisão em diversos aspectos.

Dessa forma, com a ajuda de uma equipe operacional profissional para cuidar do controle financeiro da empresa, os desperdícios de dinheiro são minimizados e ainda economiza recursos financeiros para investimentos.

Continue a leitura do nosso post sobre a ferramenta BPO financeiro e o seu impacto para os negócios. Aproveite.

O que é BPO financeiro?

BPO é a sigla para a expressão inglesa Business Process Outsorcing, que em português significa Terceirização de Processos de Negócios.

Na prática, BPO financeiro é o termo utilizado para se referir à terceirização dos serviços financeiros operacionais das empresas.

Sendo assim, grande parte dos escritórios de contabilidade já oferece este recurso para os seus clientes, que buscam ter maior economia de tempo com atividades secundárias.

Para que serve o BPO financeiro?

A ferramenta BPO financeiro serve para fazer o controle operacional das finanças de uma organização, por meio de assessoria mais o uso de softwares para otimizar os processos.

Portanto, é o BPO financeiro que vai tomar conta das atividades relacionadas à:

  1. Contas a Pagar;
  2. Contas a Receber;
  3. Emissão de Notas Fiscais;
  4. Emissão de boletos;
  5. Gestão da lista de inadimplentes;
  6. Conciliação bancária;
  7. Conciliação do caixa;
  8. Conciliação do cartão de crédito e débito;
  9. Elaboração do Fluxo de Caixa Previsto e Realizado etc.

Além disso, os serviços são executados por profissionais capacitados e com expertise na área financeira e contábil.

Assim, elaborando relatórios gerenciais ricos para auxiliar o empreendedor, é possível ter maior clareza nas tomadas de decisões.

Será que devo terceirizar o financeiro da minha empresa?

Muitos empresários ficam descrentes se realmente vale a pena terceirizar o financeiro da empresa, mas o fato é que vale a pena, sim.

Especialmente para quem tem maiores dificuldades para organizar as contas e cumprir as rotinas financeiras, que são necessárias.

Dessa forma, atribuindo tais tarefas para o BPO financeiro, sobra mais tempo para focar na atividade fim do negócio e ter meios para:

  1. Captar mais clientes;
  2. Aumentar o faturamento;
  3. Aumentar a lucratividade.

Além disso, delegando as atividades financeiras ao BPO financeiro, a empresa também economiza dinheiro.

Isso porque os investimentos em terceirização dos serviços financeiros pode render uma economia entre 40% a 70%  em relação ao custo com um profissional CLT ou um estagiário, por exemplo.

O BPO financeiro gera maior capital de giro

O BPO financeiro contribui para a manutenção do capital de giro da empresa, uma vez que tem como objetivo otimizar os processos financeiros da organização.

Mantendo sempre um bom capital de giro, isso contribui para ter os recursos necessários para oferecer uma proposta de valor ao mercado, a fim de manter a competitividade e a sustentabilidade nos negócios.

Ainda mais no atual cenário econômico em que vivemos, onde as incertezas e a alta competitividade obrigam as empresas a se manterem produtivas e atentas aos desejos dos consumidores.

Por isso, buscar meios de otimizar os processos e reduzir custos se faz necessário. E se este é o seu caso, clique aqui e reserve agora nossos serviços de BPO financeiro para sua empresa.

A Ardon Contabilidade Consultiva agradece pela preferência.

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
A legalização de empresas no Brasil envolve a elaboração de…
Quer trocar de contador?