Skip to content

Controle de Estoque: 4 Regras Para Restaurantes!

controle de estoque: 4 regras para pôr restaurantes nos trilhos

4 regras práticas para colocar o controle de estoque do seu restaurante nos trilhos de uma vez por todas!

Para ter um controle de estoque impecável, você pode fazer de tudo, mas seguindo essas 4 regrinhas de ouro, o seu restaurante terá uma organização invejável e que ajude o seu empreendimento a progredir!

Um restaurante até pode ter certa vantagem sobre outros tipos de empreendimento, como uma loja de roupas, justamente por lidar com uma necessidade básica latente e altamente renovável, que é a fome e a oferta de comida fácil, mas isso não quer dizer que os desafios desapareçam no ar.

Muito pelo contrário, quando se lidera um restaurante, apesar de possuir essa vantagem — afinal, quem nunca parou para fazer uma refeição em um comércio para saciar a fome? —, é necessário ter inteligência e “jogo de cintura” para lidar com todos os imprevistos que lidar com alimentos traz.

Desde estragar até problemas com comidas que aumentam ou diminuem de preço a depender da estação, lidar com alimentos exige organização e planejamento, que são características difíceis de dominar quando se precisa lidar com tantos aspectos de um restaurante.

Portanto, para te ajudar a potencializar a organização do seu restaurante e, de quebra, ainda contribuir para evitar diversos tipos de desperdício, vamos revelar 4 regrinhas de ouro para conquistar um controle de estoque impecável para potencializar o crescimento do seu negócio e desviar de prejuízos!

Boa leitura!

4 regras indispensáveis para ter o controle de estoque do seu restaurante na sua mão

O controle de estoque é um processo que, na maioria das vezes, é pouco aprofundado nos restaurantes e, mesmo sem saber, os donos de negócio perdem uma oportunidade de ouro de evitar perdas, desperdícios e até de economizar na compra de suprimentos, portanto, é crucial atentar-se à sua execução.

Então, fique até o final e aproveite as dicas!

Aposte na organização física dos itens

Uma grande cartada de mestre é organizar os itens fisicamente próximos da lista de checagem que se utilizar, dessa forma, ao colaborador realizar a contagem, economizará tempo e será mais prático e objetivo.

Além disso, atente-se para as condições de conservação que cada item exige, priorizando a organização física e, posteriormente, montando a lista conforme o posicionamento dos produtos.

Dica extra: divida em categorias e fique surpreso como um detalhe tão pequeno pode fazer a diferença na prática. Por exemplo, adicione uma categoria de itens congelados, outros de limpeza e assim por diante.

Tamanho é documento — literalmente

Como citamos, a lista de itens a serem contabilizados no controle de estoque deve ser extensa, pois a contagem deve ser realizada para todos os suprimentos, desde alimentos até produtos de limpeza, então, pelo menos aqui, tamanho é sim documento.

Para amenizar os contratempos de vários itens, use a dica anterior e categorize os produtos, faça a distribuição física compatível com a do documento e o que mais julgar necessário.

Faça mais de uma contagem por semana

É imprescindível que a contagem do estoque seja realizada mais de uma vez por semana, no mínimo duas vezes, para além de ter certeza dos itens que precisarão de reposição, ter informações concretas e de qualidade para avaliar a saída de itens e, dessa forma, verificar os pratos de mais sucesso e os que trazem prejuízo.

Nomeie um ou até mais responsáveis pela contabilização do estoque

Por fim, para garantir excelência e evitar confusões entre os colaboradores, nomeie um ou até mais de um funcionário para realizar a contagem do estoque, dessa forma, além de saber a quem se dirigir para transmitir e receber informações, é mais fácil orientá-lo para a melhor execução possível da tarefa.

E então, o que achou do artigo de hoje? Deixe seu comentário com outras dicas para donos de restaurante!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Quais são os riscos que o seu restaurante pode enfrentar…
Quer trocar de contador?