Skip to content

Certidão negativa: o que é e como obter a sua?

Certidão Negativa: o que é e como obter a sua
A Certidão Negativa de Débitos é um documento essencial, emitido pela Receita Federal

A Certidão Negativa de Débitos é um documento essencial, emitido pela Receita Federal, que comprova a ausência de pendências financeiras para pessoas físicas ou jurídicas. Este documento desempenha um papel crucial ao comprovar a saúde financeira antes de concluir qualquer transação comercial.

Embora a emissão da Certidão seja fundamental, muitos empreendedores pessoas físicas não conhecem o procedimento. Por isso, neste artigo, abordaremos não apenas a importância dela, mas também as etapas para sua emissão. 

Afinal, ela é essencial para uma gestão financeira empresarial eficaz. Quer saber mais sobre esse documento? Então basta continuar a breve leitura a seguir!

Qual a importância da Certidão Negativa?

A Certidão Negativa é utilizada na documentação para solicitações de empréstimos, financiamentos e em processos de licitações. Apesar de sua simplicidade, para o estado e empresários, representa uma garantia precisa das informações sobre a situação financeira de uma pessoa jurídica ou física.

Vale ressaltar que a emissão dela não é obrigatória e nem sempre será solicitada. Entretanto, manter este documento atualizado é crucial para transmitir confiança em transações com instituições financeiras, investidores e demais parceiros comerciais.

Além disso, assim como outros documentos, ela tem a sua validade, isso torna essencial sua renovação regularmente para verificar a continuidade da ausência de pendências.

Como Emitir a Certidão Negativa

Com a adaptação dos órgãos públicos à tecnologia, a Certidão Negativa de Débitos não requer mais procedimentos presenciais. A forma principal de consulta é através do portal da Receita Federal.

Para pessoas físicas, basta acessar o portal e inserir o CPF. Caso não haja pendências, a Certidão Negativa será gerada imediatamente. O mesmo se aplica ao CNPJ, onde inserir os números correspondentes ao cadastro da pessoa jurídica resultará na emissão da Certidão Negativa, desde que não haja irregularidades.

Este documento detalhado e legalmente válido para comprovar a situação de pessoas físicas e jurídicas em diversas circunstâncias deve ser emitido no mínimo a cada seis meses, assegurando a demonstração contínua da saúde financeira da empresa.

Documentação Necessária para a Emissão

Não há uma lista detalhada de documentos para emitir a Certidão Negativa. Para emitir uma CND, seja de pessoa física ou jurídica em qualquer esfera, são solicitados apenas alguns dados essenciais. Confira:

Para pessoas jurídicas:

  • Razão Social;
  • Informações pessoais do responsável pela empresa na Receita Federal;
  • CNPJ.

Para pessoas físicas:

  • CPF;
  • Informações da filiação;
  • Data de nascimento;
  • Identidade (RG).

Dúvidas na Emissão da Certidão Negativa

Em caso de pendências durante a emissão da Certidão Negativa, será gerada uma Certidão Positiva com Efeitos de Negativa (CPEN). Se as dívidas foram quitadas, mas a Certidão Negativa não é gerada, é necessário procurar uma agência da Receita Federal com comprovantes de pagamento.

Agora que compreende a importância e o procedimento para obter a Certidão Negativa, fica mais fácil evidenciar sua condição como pessoa física ou jurídica. Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido suas dúvidas!

Precisa de ajuda para manter a situação financeira do seu negócio em excelente estado? Conte com a Ardon Contabilidade. Fale agora mesmo com um dos nossos especialistas e saiba o que podemos fazer por sua empresa!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
A consultoria tributária é um serviço oferecido por escritórios de…
Quer trocar de contador?