Skip to content

Regime Tributário para clínicas hospitalares: como funciona?

Qual O Regime Tributário Ideal Para Um Hospital
O regime tributário para clínicas hospitalares são dúvidas comuns de muitos médicos.

O regime tributário para clínicas hospitalares são dúvidas comuns de muitos médicos. Afinal, a escolha errada pode trazer grandes prejuízos nos impostos a serem pagos futuramente. 

No entanto, existem 3 opções de regime para clínicas hospitalares que são elas o Simples Nacional, Lucro Real ou Lucro Presumido. Quer saber como funcionam cada um delas para escolher com maior segurança? 

Então continue a leitura breve do conteúdo que preparamos!

Regime tributário Simples Nacional para clínicas hospitalares 

Para clínicas que escolhem o Simples Nacional como seu regime tributário, é fundamental considerar o chamado Fator R, que em suma estabelece o seguinte:

  • Clínicas com despesas com pessoal representando 28% ou mais do faturamento mensal devem adotar o Anexo III.
  • Clínicas com despesas com pessoal inferiores a 28% do faturamento mensal devem adotar o Anexo V. 
  •  

Entretanto, o Simples Nacional nem sempre é a escolha mais vantajosa para clínicas médicas, apesar de sua popularidade. Senod assim, é importante observar que clínicas com faturamento anual de até 4,8 milhões podem optar por esse regime.

Regime tributário Lucro presumido 

O Lucro presumido só pode ser escolhido como regime para clínicas hospitalares que possuem um faturamento anual de até R$78 milhões. Vale destacar que os impostos a serem pagos são:

  • ISS: 2% a até 5% com variação em municípios
  • IRPJ: 4,80%
  • COFINS: 3%
  • CSLL: 2,88%
  • PIS:0,65%

Por fim, o Simples Nacional eles são pagos em uma única Guia, a DAS. Mas, no Lucro Presumido, o pagamento acontece separadamente.

Lucro Real com regime tributário para clínicas hospitalares

Em seguida, nossa última opção de regime tributário para clínicas hospitalares é o Lucro Real que possui como alíquota as seguintes:

  • ISS:  2% a até 5% com variação em municípios
  • CSLL: 9% sobre o lucro
  • PIS: 1,65% sobre o faturamento
  • IRPJ: 15% sobre o lucro
  • COFINS:7,6 sobre o faturamento

Poucas clínicas optam por usufruir do regime do Lucro Real, pois essa apesar de ser uma opção possível, acaba sendo a mais burocracia de todas e com alíquotas mais elevadas quando comparadas às demais. 

Redução de Encargos Tributários para Clínicas Médicas

A Equiparação a Hospitais Além das opções tributárias convencionais, clínicas médicas têm a oportunidade de otimizar seus gastos com impostos por meio da equiparação a hospitais. Você já considerou essa alternativa?

Além disso, equiparação a hospitais é uma estratégia que permite que clínicas médicas desfrutem de alíquotas tributárias mais baixas, conforme as vantagens concedidas aos hospitais.

Surpreendentemente, com base na Lei 9.249/2015, hospitais desfrutam de uma base de cálculo privilegiada para o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (IRPJ) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (CSLL).

Portanto, nós podemos ajudar a escolher o melhor regime tributário para clínicas hospitalares e reduzir os encargos a serem pagos. Além disso, auxiliamos em outros processos como incentivos e demais estratégias para ágar cada vez manos impostos.

Para isso, contamos com um time de especialistas pronto para atender às suas necessidades. Fale agora mesmo com um dos nossos atendentes e saiba como alcançar o máximo desempenho financeiro da sua contabilidade!

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Você sabia que uma contabilidade para veterinários oferece diversas vantagens…
Quer trocar de contador?