IRPF 2022: saiba como se preparar

IRPF 2022

A entrega do IRPF 2022 inicia no dia 7 de março e termina no dia 29 de abril, por isso, é importante ficar atento ao prazo para dar tempo de preparar todos os documentos.

E o principal deles é o informe de rendimento, cujo prazo de envio por parte das empresas e fontes pagadoras encerrou no dia 28 de fevereiro de 2022.

Portanto, quem ainda não recebeu este documento deverá cobrá-lo no RH da sua empresa, e solicitá-lo em suas agências bancárias ou instituições financeiras.

Saiba como se preparar para a entrega da declaração do IRPF 2022, continue lendo o post.

Como declarar o IRPF 2022?

Para declarar o IRPF 2022, o contribuinte deve ter em mãos todos os documentos a serem utilizados para consulta das informações.

Portanto, é preciso ter os dados precisos de todos os rendimentos tributáveis recebidos de pessoa jurídica pelo titular e pelos dependentes.

Por isso o informe de rendimento é tão importante, pois nele consta todas as informações bem detalhadas a serem declaradas.

Assim, com a posse dos documentos e das informações a serem declaradas, o contribuinte pode optar por transmiti-la por meio do programa da Receita Federal, ou delegá-la ao contador.

Além disso, é importante lembrar que a declaração tem o valor de um atestado de veracidade, e existe o risco de cair na malha fina.

Portanto, trata-se de uma questão burocrática que exige atenção para preencher todas as informações de forma correta.

O que pode declarar no IRPF 2022?

Para declarar o IRPF 2022, o contribuinte deverá prestar contas de todos os ganhos recebidos em 2021.

E estes ganhos podem ser provenientes de salários, aluguéis, investimentos, bens patrimoniais, como imóveis e veículos, dentre outros.

Além disso, o contribuinte também poderá fazer uso de notas fiscais e recibos emitidos nos seguintes casos:

  1. Despesa com dentistas;
  2. Despesas médicas em hospitais e clínicas médicas;
  3. Despesas com educação em instituições de ensino reconhecidas pelo MEC.

Também é importante destacar que, nas despesas com saúde precisam constar o valor, a data do evento, o número do CPF do contribuinte e o CRM do profissional.

Já as despesas com educação, inclui também o CNPJ da instituição de ensino e o valor acumulado com todas as mensalidades pagas em 2021.

Quem está obrigado a declarar o IRPF 2022?

Todos os brasileiros que acumularam ganhos tributáveis acima de R$ 28.559,70 durante o ano de 2021, estão obrigados a prestar contas ao Leão em 2022.

Estes ganhos podem ser provenientes de salários, aluguéis, aposentadorias, pensões e do auxílio emergencial pago pelo governo.

Conclusão

Por fim, o IRPF 2022 não tem muitas novidades em relação ao que deve ser declarado, porém, em relação aos prazos e aos veículos é bom ficar atento.

Isso porque o prazo para o envio da declaração ficou mais curto em 2022, iniciando apenas no dia 7 de março.

Além disso, para quem vai declarar veículos é preciso consultar as novas regras para preencher o formulário corretamente.

E se precisar de ajuda, a Equipe Ardon terá o maior prazer em ajudar você.

Quero que a Ardon faça o meu IRPF 2022

Classifiquei nosso post post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Veja também

Posts Relacionados

Qual valor declarar no imposto de renda MEI

Qual valor declarar no imposto de renda MEI?

Existem três situações a considerar para saber qual valor declarar no imposto de renda MEI, visto se tratar dos rendimentos de pessoa física e de pessoa jurídica. Nesse sentido, o MEI poderá ter que entregar a DIRPF – Declaração de

MEI tem que declarar imposto de renda

Quem é MEI tem que declarar imposto de renda?

Quem é MEI deverá declarar imposto de renda se os seus rendimentos ultrapassaram o valor de R$ 28.559,70 no ano de 2021. Segundo a Receita Federal, a entrega da declaração do IRPF é obrigatória para MEIs, visto que são tidos

Declarar aluguel no imposto de renda

Declarar aluguel no imposto de renda: como fazer?

Para declarar aluguel no imposto de renda, o contribuinte precisa se atentar à fonte do recebimento, se é pessoa jurídica ou física. Isso porque essas variáveis interferem na maneira de preencher a declaração do IRPF, além de implicar na forma

imposto de renda prestação de serviço

Como declarar imposto de renda prestação de serviço?

Profissionais liberais e autônomos podem declarar o imposto de renda prestação de serviço referente aos rendimentos recebidos de pessoa jurídica e de pessoa física. Sendo possível, em alguns casos, deduzir despesas provenientes da atividade laboral, e assim, reduzir o valor

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
6 técnicas de vendas de serviços para atrair o seu…
Cresta Posts Box by CP
Back To Top