Skip to content

Declarar aluguel no imposto de renda: como fazer?

Declarar aluguel no imposto de renda
Para declarar aluguel no imposto de renda, o contribuinte precisa se atentar à fonte do recebimento, se é pessoa jurídica ou física.

Para declarar aluguel no imposto de renda, o contribuinte precisa se atentar à fonte do recebimento, se é pessoa jurídica ou física.

Isso porque essas variáveis interferem na maneira de preencher a declaração do IRPF, além de implicar na forma de pagar o imposto.

Por exemplo, aluguéis recebidos de empresa, o preenchimento da declaração deve ser no campo “Rendimentos Tributáveis Recebidos de Pessoa Jurídica”.

Mas se é de pessoa física, o campo a ser preenchido é o referente aos “Rendimentos Recebidos de Pessoa Física ou Exterior”.

Saiba como declarar aluguel no imposto de renda, sem erro, leia esse post até o final.

IR incidente em aluguéis

Quando se tratar de rendimentos de aluguéis recebidos de pessoa jurídica, o locatário fica desobrigado de pagar o imposto de renda.

Neste caso, o próprio inquilino reterá na nota fiscal o IRRF devido, assim, ele mesmo deverá emitir a guia para pagamento do imposto.

Todavia, se os rendimentos de aluguéis recebidos são de pessoa física, a responsabilidade de apurar o imposto é do locatário.

Portanto, se a renda mensal com aluguéis (de pessoa física para pessoa física) for superior ao que a lei do IRPF exige, é necessário recolher o imposto de renda.

Recolher o IR sobre aluguel

Caso o inquilino seja pessoa física e o valor mensal do aluguel for superior a R$ 1.903,98, o locatário deverá preencher o carnê-leão a cada mês.

A partir disso, emitir a guia de recolhimento do IR, a qual deverá ser gerada no mesmo portal do carnê-leão.

Aluguel inferior a R$ 1.903,98

Os locatários que receberam renda mensal proveniente de aluguéis inferiores a R$ 1.903,98, devem apresentar os rendimentos na Declaração de Ajustes Anual, este ano.

Mas se a renda total mensal ultrapassar o valor de R$ 2.379,88, haverá cobrança do imposto de renda no ajuste de contas, mesmo quando os aluguéis estiverem abaixo do mínimo.

Portanto, é muito importante cumprir essa obrigação, já que os aluguéis se configuram como rendimentos tributáveis, por isso, estão sujeitos à cobrança de impostos.

Para não cair na malha fina

Para não cair na malha fina, os contribuintes que receberam mais de R$ 1.903,98 por mês, em aluguéis, precisam manter em dia o carnê-leão.

Por isso, é muito importante consultar a legislação do IRPF, anualmente, já que o valor base pode alterar, com isso, gerando a obrigação de declarar o carnê-leão.

E nos casos em que essa obrigação não foi observada durante o ano passado, é possível pagar o carnê-leão, mesmo com atraso.

Porém, é preciso fazê-lo antes da entrega da declaração, pois o valor total do IR pago deverá ser informado na declaração do IRPF.

Caso isso seja negligenciado, a Receita Federal poderá aplicar multas que variam entre 20% até 150% do valor do imposto devido.

Conclusão

Como vimos, declarar aluguel no imposto de renda é uma obrigação que o contribuinte não pode deixar de cumprir.

E se você estiver com dificuldade para fazer sua declaração, nós podemos te ajudar.

Clique no botão abaixo e fale conosco.

Quero ajuda para declarar o IRPF

Classifique nosso post

Fique por dentro de tudo e não perca nada!

Preencha seu e-mail e receba na integra os próximos posts e conteúdos!

Está gostando do conteúdo? Compartilhe!

This Post Has 0 Comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também

Posts Relacionados

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos: o que é?

Apuração de impostos é uma das principais atividades de qualquer empreendedor que preza por manter em dias as obrigações da sua empresa. Além disso, ela

Como abrir um societário?

Como abrir um societário?

Abrir um societário já foi ou ainda é o desejo de muitos empresários que se vêem sobrecarregados com as responsabilidades e gastos de uma empresa.

FGTS Digital: o que muda?

FGTS Digital: o que muda?

O ano de 2024 começou a pouco, mas já traz o FGTS Digital que é uma grande mudança para empresas com colaboradores. Por isso, com

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Recomendado só para você
Profissionais liberais e autônomos podem declarar o imposto de renda…
Quer trocar de contador?